Visitantes do blogue *.*

24.5.10

Porquê ?

A vida pode estar a correr às mil maravilhas e mesmo assim os pensamentos não serem os melhores. Sofremos com aqueles pequenos erros que comentem sobre nós , tentamos ultrapassa-los e no entanto eles continuam a perseguir-nos. Vivo momentos mágnificos , com ele passo coisas inesplicáveis , mas sinto sempre que há algo em mim que me prende que não me deixa mover , seguir em frente e esquecer.
Porque é que é tão dificil deixar de recordar aquelas coisas más que nos acontecem?
Porque é que o meu coração diz "não vou pensar!" , mas o meu consciente faz por recordar?
Tantas peguntas às quais eu não consigo obter respostas (...)
Seria tudo tão mais fácil se pudesse arrancar as páginas do livro onde constam os maus momentos e viver apenas aquele amor que a vida nos destinou.
A tua demonstração de luta , empenho , dedicação , prova de que o arrependimento é um sentimento vivido dia após dia com a função de alterar todos os erros cometidos no passado e fazer as coisas de uma forma diferente , fazem-me lutar por não recordar coisas que eu não quero.
O que temos está acima de qualquer coisa e apesar de tais pensamentos , não deixa de ter a importância que tem na minha vida.
Porém , em certas circunstâncias dou por mim a sofrer , recordando coisas a que não assisti mas vivi. As recordações levam-me de tal forma que deparo-me com o cair de lágrimas pela minha face , pergunto-me nesses momentos "porque terão tal coisas ocorrido?" , "será que não és tão feliz comigo, como eu sou contigo?".
Hoje , estou aqui para te pedir ajuda. Ajuda-me e seguir com as nossas vidas em frente e esquecer tudo o que um passado negro me fez viver. Preciso da tua mão , dá-me a mão e tira-me deste buraco negro ao qual eu estou a ceder.



"Angels Cry" (L)

6 comentários:

Catarina disse...

Obrigada por me seguires :)
"...mas sinto sempre que há algo em mim que me prende que não me deixa mover , seguir em frente e esquecer."
Adoro!
Continua, escreves muito bem :)

Rita Ferreira disse...

Adorei, e acho que se encaixa de uma maneira ou de outra em grande parte de nós!
É forte!

Vou seguir :)

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE
ALEXYS

ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE BLADE RUUNER ,CHOCOLATE, EL NAZARENO- LOVE STORY,- Y- CABALLO, .

José
ramón...

AALS disse...

quer dzr... só pq estes cromos andam aqui a comentar, tmb sou obrigado nao?! este espanhol nem sabe o que diz xD mas sim... desculpa se sou a tua perdição ta amor?! sei q sou a razao de todo este blog, até me sinto importante a lê-lo, e tambem acho importante o facto de este meio contribuir para expandires as tuas capacidades como escritora. Não te sais mal até... Mas tenta escrever sobre por exemplo : "O que é que achas de um rapper que vai na rua, que nao está vestido á rapper?!" ou tambem "A minha primeira ida ao circo" talvez... só para ver se es tão boa a escrever sovre outros temas a nao ser de amor (ou de mim) :P quel beijo!

Alexy's disse...

Obrigada a todos pelos comentários, eu escrevo apenas sobre aquilo que sinto e conheço . Todas as palavras transportam, por detrás, um sentimento característico que hoje não seria possível para mim transmitir sem as pessoas que me rodeiam, pessoas verdadeiras que nos bons e maus momentos estão lá, independentemente das escolhas ou consequências. Pessoas a quem eu chamo AMIGOS!

Alexy's disse...

E quanto a ti AALS, eu escrevo bem por mim mesma. Não depende daquilo que escrevo mas sim sobre o que escrevo, e , desde que o assunto me seja importante, eu consigo transmitir todos os meus sentimentos através das palavras. Os textos teriam a mesma qualidade mesmo que falasse sobre qualquer que fosse o assunto, desde que falasse com alma.
Não seja convencido e não se ache, só porque maior parte dos textos publicados são sobre ti.